A POMBA PROCURA POUSO

POR DANIEL SANTOS



Então esperou ainda outros sete dias, e enviou fora a pomba; mas não tornou mais a ele." Gênesis 8:12

Meditando neste episódio, lembrei-me de uma das pérolas de Aurelius; "É por meio da minha alma que subirei até eLe. Irei além da minha força; nesta força não encontro o meu Deus" (Confissões). De fato; se o Espírito Santo não nos revelar os planos do Deus dos céus, jamais teremos conhecimento dessas riquezas. Penso eu que, assim como Romaniano (Cidade de Deus) foi o vaso usado para o sustento físico de Agostinho, os ilustres Ambrósio e Valério  trabalharam o caráter espiritual deste grande teólogo. Não esquecendo das súplicas de Mônica (sua mãe), cujas lágrimas subiram aos céus a favor de seu filho.

No texto de hoje, trabalharemos com a revelação progressiva, isto é, a desenvoltura de um plano no decorrer da história, salientando algumas tônicas necessárias.

Dividiremos essa experiência em três etapas;

• "A pomba, porém, não achou repouso para a planta do seu pé, e voltou a ele para a arca..." Gênesis 8:9
Para desenvolvermos o texto usarei uma ferramenta exegética bem conhecida; "a simbologia". E como todos nós sabemos, assim como o Pai usa a Águia para demonstrar o seu amparo, o Cordeiro o Cristo da cruz; temos a pomba diretamente relacionada com a pessoa Bendita do Espírito Santo.

Esta primeira etapa nos aponta o período veterotestamentário. Nele constatamos o pousar do Espírito Santo sobre os patriarcas, sacerdotes, juízes, profetas e reis. Eis o clamor do profeta: "Por estas coisas eu ando chorando; os meus olhos, os meus olhos se desfazem em águas; porque se afastou de mim o Consolador que devia restaurar a minha alma..." Lamentações 1:16.
A pomba não encontrou lugar no coração do homem.

•  "E a pomba voltou a ele à tarde; e eis, arrancada, uma folha de oliveira no seu bico; e..." Gênesis 8:11
Na segunda vez, algo diferente acontece; O Espírito Santo traz um testemunho consigo. O Espírito encontra a Oliveira Verdadeira, e João Batista, à vê e clama: "... Eu vi o Espírito descer do céu como pomba, e repousar sobre ele." João 1:32

•  "Então esperou ainda outros sete dias, e enviou fora a pomba; mas não tornou mais a ele." Gênesis 8:12
Neste momento inicia-se o período da igreja...
Cinquenta dias após a Páscoa, a Pomba retorna, e encontra primeiramente cerca de cento e vinte corações para pousar.

Meu amigo e amado leitor; a Pomba ainda não retornou para a Arca (céu). O que te impede de abrigar esta Pomba? O que te prende aos corvos deste mundo?

Que Deus nos abençoe!

Imagem: http://www.obraemrestauracao.org/artigo/o-espirito-santo-e-uma-pomba

Tecnologia do Blogger.